• seg. dez 11th, 2023

Ministro baixa portaria e T4F anuncia medidas após morte em show da Taylor Swift

ByCandido News

nov 18, 2023

A Polícia Civil do Rio de Janeiro investiga a morte da estudante de psicologia Ana Clara Benevides Machado,23, que estava no show da cantora Taylor Swift, na noite de sexta-feira (17). A jovem era estudante da Universidade de Rondonópolis e estagiária da Secretaria Municipal de Educação. Ambas instituições lamentaram o falecimento e a unidade de ensino decretou luto de 3 dias em memória da acadêmica.

Conforme informações, a fã assistia ao show da cantora americana no estádio Nilton Santos, na capital carioca. O calor era intenso, assim como em quase todo o país, e a jovem passou mal em meio a multidão. Ela foi socorrida e levada para atendimento médico, mas não resistiu e morrei pouco tempo depois de ser medicada.

Segundo apurado, a Polícia Civil do Rio de Janeiro determinou que o hospital encaminhasse o corpo para o Instituto Médico Legal Afrânio Peixoto (IMLAP), no Centro do da cidade, para realização de exames de perícia, visando ao

esclarecimento das causas da morte. O caso ficará a cargo da 24ª Delegacia de Polícia de Piedade, que fará diligências para elucidar o ocorrido.

Em sua rede social, a UFR emitiu nota conjunta com o curso de Psicologia e decretou luto oficial. Informações sobre velório e sepultamento ainda não foram divulgadas.

“Seus sonhos, interrompidos, nos deixam prematuramente e sua memória deixará saudade. Neste momento de luto, o curso de Psicologia lamenta profundamente o ocorrido e expressa suas condolências e solidariedade aos familiares e amigos, bem como aos seus colegas de curso”, diz trecho do comunicado.

Após a morte da universitária houve um movimento nas redes sociais requerendo o cancelamento dos demais shows da cantora no país, contudo até o momento os eventos estão mantidos.

O Ministro da Justiça e Segurança Pública, Fávio Dino, determinou regra de proteção e segurança do público em shows. Portaria nº 35 de 18 de novembro de 2023 estabelece que será permitida a entrada de garrafas de ÁGUA de uso pessoal, em material adequado, em espetáculos. E as empresas produtoras de espetáculos com alta exposição ao calor deverão disponibilizar água potável gratuita em “ilhas de hidratação” de fácil acesso. A medida vale imediatamente.

“Secretaria Nacional do Consumidor tomará as providências cabíveis para a fiscalização, com a colaboração dos Estados e dos Municípios, bem como atuação da Polícia, se necessário”, disse o ministro em sua rede social. Medica vale para todos os eventos no país.

Em seu perfil, a empresa Time For Fun, responsável pelos shows da artista no Rio, informou que medidas de segurança serão reforçadas no local “especialmente o fornecimento de água gratuita nas filas e em todos os acessos e entradas ao estádio e no seu interior. Desta forma, novos pontos de distribuição gratuita de água estarão à disposição do público durante o evento.

 

Também será permitida a entrada no estádio com copos de água lacrados e alimentos industrializados lacrados, sem limitação de itens por pessoa. Esclarecemos que a exigência dos itens serem lacrados segue recomendações de segurança. Empresa lamentou a morte da jovem e recebeu criticas quanto a organização e sua conduta diante do falecimento da fã.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *