qui, 18 de abril de 2024 09:40

Cattani diz que convocará testemunhas para apurar morte no Contorno Leste

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa (ALMT) “Invasão Zero”, Gilberto Cattani (PL), afirmou que vai convocar as testemunhas do assassinato do idoso de 87 anos no Contorno Leste, em Cuiabá, por policiais. O deputado estadual classificou o homicídio como “covarde”, falou que a propriedade da vítima foi invadida e que por isso estava sofrendo uma “pressão violenta”. 

“Uma pessoa de 87 anos, quase 90 anos de vida, com sua propriedade invadida de forma violenta, passou por uma situação difícil. Sabemos que naquela manhã ele teve alguma discussão com invasores. Ele enxergava pouco, audição era praticamente zero. Um dia antes visitamos a propriedade, falamos com ele, inclusive, não conseguimos ter um diálogo pois ele não escutra quase nada e foi assassinado de maneira covarde. Era uma pessoa que estava sob uma pressão violenta, é uma coisa absurda”, rechaçou Gilberto Cattani nesta quarta-feira (28). 

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) não repassou detalhes sobre o caso, apenas garantiu que também investiga a situação. As oitivas do caso na AL serão agendadas nas próximas semanas. 

“Não cabe no nosso entendimento alguma justificativa para isso. Vamos apurar tudo, vamos convocar as pessoas para que esclareçam na CPI e vamos fazer de tudo para que a justiça seja feita”, asseverou Cattani.

“Vamos chamar a responsabilidade de todos na CPI e depois que apurarmos vamos poder falar alguma coisa, mas algo não está bem”, apontou o deputado. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

redes sociais

Notícias relacionadas

Ultimas noticias