qua, 24 de abril de 2024 06:11

Concessão de Parque de Chapada para governo de MT só depende de aval de Marina Silva

Informações de aliados da cúpula do governo de Mato Grosso afirmam que o único aval que ainda falta para Mato Grosso receber a concessão direta do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães sem precisar passar por uma nova licitação, que por sinal já foi lançada no dia 18 de agosto pelo Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), é o da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva. 

A cúpula do Palácio do Planalto, inclusive o próprio presidente Lula (PT) e o ministro Rui Costa, da Casa Civil, já teriam dado sinalização positiva. Contudo, eles devem respeitar a decisão da chefe do MMA, ministério ao qual o ICMBio, atual responsável pela gestão do parque, é vinculado.

Uma das últimas movimentações do governo de Mato Grosso para conseguir a licitação foi protocolizar na Secretaria Executiva da Casa Civil um plano de ações e a comprovação da capacidade de investir R$ 200 milhões no Parque Nacional de Chapada dos Guimarães em três anos, da mesma forma como é solicitado no edital.

O documento já foi remetido ao Ministério do Meio Ambiente e ainda em setembro a ministra Marina Silva deverá se manifestar a respeito. Uma das preocupações da proposta, inclusive, teria sido a de demonstrar a preocupação do governo com a conservação ambiental do Parque Nacional, a fim de conquistar o convencimento da ministra.

Contudo, alas do Partido dos Trabalhadores que fazem oposição à gestão estadual também atuam para impedir essa concessão. O deputado estadual Valdir Barranco (PT), por exemplo, protocolizou uma denúncia do Ibama sobre suposta exploração ilegal de minérios no entorno do Parque de Chapada dos Guimarães.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

redes sociais

Notícias relacionadas

Ultimas noticias