qua, 24 de abril de 2024 05:26

Cuiabá atinge marca de 43° C e emplaca novamente título de cidade mais quente do mundo

Cuiabá voltou a emplacar o título de cidade mais quente do mundo atingindo 43° C no sábado (23) de acordo com a página Hot Cities que faz o acompanhamento diário das maiores temperaturas ao redor do globo. Segundo a página, a Capital mato-grossense atingiu o número extremo por volta de 13h30. Neste domingo (24), a máxima prevista para Cuiabá, conforme o Instituto ClimaTempo, é de 42° C.

As altas temperaturas são comuns nessa época do ano na região, entretanto uma onda de calor tem tornado a situação ainda mais grave. O alerta de grande perigo para o fenômeno foi publicado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) no dia 18/9 e segue pelo menos até a terça-feira (26).

Durante a onda de calor, a tendência é de que as temperaturas fiquem até 5° C acima da média. Os riscos incluem o perigo para incêndios, mas estão relacionados principalmente à saúde como a desidratação e exaustão pelo calor. Se não socorridos a tempo, as condições podem levar à morte.

AQUECIMENTO GLOBAL

Um estudo suíço publicado na última semana indica que o calor extremo deve se tornar rotina em Cuiabá até 2050. A Capital, que já é conhecida pelas suas altas temperaturas, deve ganhar mais 4,5° C de máxima no mês mais quente do ano, que varia entre agosto e setembro, de acordo com a pesquisa.

Isso implica dizer que os cuiabanos podem se habituar a ver os termômetros chegando perto da casa dos 50° C. O estudo atribui a previsão ao aquecimento global, causado pela emissão de gases do efeito estufa na atmosfera.

Por hora, segundo o ClimaTempo, até o fim de setembro os termômetros devem chegar, no máximo, aos 43° C que renderam à cidade o título de mais quente do mundo. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

redes sociais

Notícias relacionadas

Ultimas noticias