qua, 24 de abril de 2024 06:08

Família diz que acredita ‘firmemente’ na Justiça para solucionar morte de advogada

Família da advogada Cristiane Castrillon, 48, morta pelo ex-policial militar Almir Monteiro dos Reis, 49, disse que acredita na Justiça para que o caso seja esclarecido. Cristiane conheceu o suspeito em um bar no sábado (12) e no final da noite foram à casa dele. Lá, ex-militar a agrediu e matou asfixiada. Ele está preso em uma unidade prisional de Chapada dos Guimarães (67 km ao norte de Cuiabá).

Em carta aberta, as filhas, os pais, irmãos, sobrinhos e amigos lamentaram a morte da advogada dizendo que Cristiane deixou um legado de “retidão, honestidade e conduta”.

“A família da Cristiane Castrillon da Fonseca Tirloni vem a público agradecer a todos que, de certa forma, se comoveram com o seu falecimento. (…) Sobre os desdobramentos do caso, reiteramos que acreditamos firmemente na Justiça e que, com certeza, a sua vida terá servido de exemplo para que casos como este nunca mais se repitam”, cita a nota.

Vídeo feito no momento da prisão do ex-policial militar mostra o acusado contando os detalhes à polícia de como a advogada morreu dentro da sua casa, em Cuiabá. A todo momento, Almir mantém a versão de que Cristiane caiu e bateu a cabeça, negando que ele a matou.

Leia a carta aberta na íntegra:

“A família da Cristiane Castrillon da Fonseca Tirloni vem a público agradecer a todos que, de certa forma, se comoveram com o seu falecimento. A Cris, como sempre foi carinhosamente chamada por seus pais, irmãos, sobrinhos, familiares e amigos, deixa um legado de retidão, honestidade e conduta em todas as esferas em que ela pôde ser exemplo: como mãe, filha, irmã, esposa, tia, advogada, consultora e, principalmente, como amiga fiel aos propósitos que sempre acreditou e trabalhou para ver cumprir.

Sobre os desdobramentos do caso, reiteramos que acreditamos firmemente na Justiça e que, com certeza, a sua vida terá servido de exemplo para que casos como este nunca mais se repitam.

Por fim, como pais e irmãos, agradecemos o privilégio que tivemos de conviver com a Cristiane ao nosso lado por todo este tempo. Temos a convicção do simples fato da Cristiane existir, já fez deste mundo bem melhor.

Obrigado a todos

Pais, irmãos, filhas, sobrinhos e amigos”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

redes sociais

Notícias relacionadas

Ultimas noticias