qua, 24 de abril de 2024 05:28

Herdeiros do Big Lar protagonizam briga milionária por 554 cabeças de gado

Os herdeiros da rede de supermercados Big Lar, Carlos Roberto Ruvieri de Souza e Jair Ruvieri de Souza protagonizam uma batalha judicial pela devolução de 554 cabeças de gado avaliadas em cerca de R$ 2 milhões considerando a cotação atual da arroba do boi em Mato Grosso.

De acordo com os autos, o empréstimo foi firmado entre os irmãos em 2017. Na ocasião, Carlos Roberto autorizou que Jair retirasse de Fazenda Prata, localizada no KM 608 da BR-070, quantos bois precisasse. No total, foram retiradas 554 cabeças de gado das mais pesadas, totalizando 251,1 toneladas de boi vivo. Pelo acordo, os animais deveriam ser devolvidos no prazo de dois anos.

O trato, porém, não foi cumprido e, diante da inadimplência, Carlos Roberto Ruvieri de Souza chegou a emitir notificação extrajudicial para regularizar a situação com o irmão sem a necessidade de levar o caso à Justiça. Entretanto, a tentativa, realizada em 2022, foi infrutífera, de modo que o caso foi parar nas mãos da juíza Vandymara de Paiva Zanolo, da 4ª Vara Cível de Cuiabá.

A magistrada analisou a contestação da defesa de Jair Ruvieri que tentou emplacar a tese de inépcia da inicial e prescrição. A juíza afastou as duas possibilidades. No entendimento da magistrada, ficou comprovada a existência do negócio, bem como não há que se falar em prazo trienal, como sustentou o requerido, uma vez que a pretensão de cobrança tem prazo de cinco anos e não três.

Na decisão, a juíza designou audiência sobre o caso para novembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

redes sociais

Notícias relacionadas

Ultimas noticias