Logotipo

dom, 25 de fevereiro de 2024 01:25

Justiça mantém preso homem acusado de matar ex-namorada com tiro na garganta

A 3ª Vara de Porto Alegre do Norte (a 984km de Cuiabá) converteu a prisão em flagrante de Cristian Angrey Alves Vicente, detido pelo assassinato de sua ex-companheira, Danrlaine dos Santos Ramos, de 27 anos, em prisão preventiva nesta terça-feira (8). O crime aconteceu na noite deste domingo (6), em uma rodovia de Confresa (a 1.049 km de Cuiabá). 

O homem foi preso na mesma noite dos fatos, ao ser encontrado bêbado com seu veículo caído em um buraco. Ele ainda atirou em um motociclista que o ofereceu ajuda.

Durante as investigações, foi constatado que Cristian Alves partiu para cima de Danrlaine Ramos, que estava caída no meio da rua, e todas as vezes que ela tentava se levantar, ele a jogava no chão com chutes. Ele só parou de agredi-la quando populares se aproximaram do local.

Angrey Alves Vicente passou por audiência de custódia nesta terça-feira e sua prisão foi mantida. 

Para fazer a conversão para prisão preventiva, o juiz Daniel de Sousa Campos levou em conta as provas da existência do crime e os depoimentos colhidos na fase do inquérito, sendo os relatos tomados como indícios suficientes de autoria.

Embora o acusado seja primário, a conduta imputada a ele foi classificada pelo magistrado como de “anormalidade especial”, autorizando a adoção da medida para garantia ordem pública, além de considerar medidas alternativas insuficientes para tanto.   

“Portanto, preenchida a condição de admissibilidade, prevista no art. 313, inciso I, do CPP, e presentes as circunstâncias concretas aptas a justificar a segregação cautelar, imperioso se mostra o decreto prisional”, encerrou o juiz sobre a prisão preventiva.

Na mesma decisão, foi deferido o pedido de busca e apreensão na casa de Cristian. A determinação foi dada sob a justificativa de que no local podem ser encontrados elementos que comprovem a materialidade do crime. “Pois bem, no caso em tela, há indícios de que no endereço do representado poderá ser apreendidos aparelhos telefônicos ou equipamentos de informática que porventura forem encontrados, poderão fornecer elementos probatórios importantes para o curso das investigações, o que revela a necessidade de deferimento da presente representação”, explicou o magistrado.

O CRIME

De acordo com o registro da ocorrência, a polícia foi informada de que uma mulher estava caída entre a MT-430 e a MT-437. No local, a vítima foi encontrada já sem vida.

Enquanto fazia a vistoria na região do crime, os militares foram informados de que um homem estava atirando de dentro de seu carro. Durante rondas, os policiais encontram um veículo próximo a um armazém, caído dentro de um buraco.

Ao se aproximarem, encontraram um homem ainda dentro do carro. Ao ser questionado sobre o que teria acontecido, ele disse ter bebido a noite toda com sua esposa e que só lembrava de uma confusão com um homem e de ter disparado para cima. Ele ainda disse que viu a esposa baleada no chão e fugiu.

Enquanto o suspeito era preso, os policiais receberam uma denúncia de que um motociclista havia sido baleado por um homem dentro de um carro e estava internado no hospital municipal.

Por fim, o criminoso contou que tem registro de atirador desportivo e caçador (CAC).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

redes sociais

Notícias relacionadas

Ultimas noticias