qua, 24 de abril de 2024 01:10

Líder espiritual é preso acusado de abusar sexualmente de mulheres durante atendimentos

O guia espiritual Luiz Antônio Rodrigues Silva foi preso nesta terça-feira (5), na Capital, acusado de abusar sexualmente de sete mulheres, entre elas uma menor de idade. O suspeito que também é servidor da Câmara Municipal de Santo Antônio do Leveger (33 km de Cuiabá) é acusado de cometer os abusos durante atendimentos em sua tenda religiosa, prometendo “amparo espiritual”.

Em um dos casos que relatado por uma vítima, ela narra que o suspeito tinha o costume de enviar mensagens através de aplicativo do WhatsApp pedindo fotos nuas, fazer vídeo chamadas tirando a roupa, além de perguntas eróticas de forma frequente.

Em seguida, ela ainda conta que em um dos atendimentos o suspeito segurou seus braços com força para trás e começou a passar as mãos em suas partes íntimas. O abuso foi consumado em um motel de Cuiabá, na Avenida Fernando Corrêa.

Por, fim a vítima relata que o agressor possui duas mulheres de confiança que também são suas amantes, e, que sabem de todos os atos praticados por Luiz. Ambas praticam chantagem contra outras mulheres do terreiro, que também já sofreram algum tipo de abuso sexual.

A polícia identificou que o suspeito tem o costume de abrir vários terreiros por pequenos períodos de tempo, fechando os locais sempre que é descoberto. As vítimas ainda relataram que sentem medo do servidor, já que ele também é advogado, e tem o costume de ameaçar as mulheres dizendo que “irá enviar espíritos contra elas”, que “irão destruir suas vidas”.

Com a prisão do criminoso, a polícia credita que irá aparecer novas vítimas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

redes sociais

Notícias relacionadas

Ultimas noticias