Logotipo

dom, 25 de fevereiro de 2024 09:07

Marcius Melhem vira réu por assédio sexual contra 3 funcionárias da Globo

O Tribunal de Justiça (TJRJ) aceitou nesta terça-feira (8/08) a denúncia do Ministério Público do Rio (MPRJ) contra Marcius Melhem por assédio sexual envolvendo três mulheres. Sendo assim, o humorista acaba de virar réu dos casos que teriam ocorrido quando ele era diretor do núcleo de Humor da Globo, de onde saiu em 2020. As informações são do portal UOL.

As primeiras denúncias aconteceram no fim de 2019, mas Melhem, claro, sempre negou ter cometido assédio sexual. Entre as vítimas estão as atrizes Ana Carolina Portes (Carol Portes) e Georgiana Góes, que foram a público denunciar, e outra funcionária que preferiu não se identificar.

Dani Calabresa, que chegou a abrir denúncia contra o ex-colega, teve sua versão arquivada por prescrição punitiva dos fatos. Os casos de outras três mulheres que o acusaram, cabe ressaltar, também foram descartados.

A defesa de Melhem afirmou que vai contestar a acusação.

“A escolha ilegal de uma promotora que não teve nenhum contato com as investigações, em evidente violação ao princípio do promotor natural, fato gravíssimo já levado à apreciação do Supremo Tribunal Federal, resultou, como se esperava, em uma denúncia confusa e inteiramente alheia aos fatos e às provas. Ignorando totalmente os elementos de informação do Inquérito Policial, a denúncia acusa Marcius Melhem do crime de assedio sexual contra três das oito supostas vítimas. No momento oportuno, esta absurda acusação será veementemente contestada pela defesa do ex-diretor, que segue confiante na Justiça, esperando que a magistrada não dê prosseguimento ao processo, como lhe faculta a lei”, diz a nota, assinada pelos advogados Ana Carolina Piovesana, José Luis Oliveira Lima, Letícia Lins e Silva e Técio Lins e Silva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

redes sociais

Notícias relacionadas

Ultimas noticias