qua, 24 de abril de 2024 02:02

Menores de 14 anos matam desafeto, arrancam a cabeça e enterram o corpo

Investigadores da Polícia Civil encontraram, na tarde de domingo (15), o corpo de Lucas Silva Costa, 22, enterrado em uma cova no quintal de uma casa, em Pontes e Lacerda (448 km ao oeste de Cuiabá). A cabeça da vítima foi decepada. Em diligência, a equipe apreendeu dois menores de 14 anos e um de 16, que confessaram o crime. Outros envolvidos são procurados.

De acordo com as informações da Polícia Civil, por volta das 15h30, a equipe começou uma diligência para apurar um possível homicídio na casa indicada. Porém, quando os policiais chegaram, não encontraram nenhum morador no local.

Foi verificado que no terreno havia vários objetos queimados, como roupas e calçados. Também havia várias folhas de bananeira no chão, bem como terra revirada, indicando a possibilidade da vítima ter sido enterrada no quintal.

Os investigadores utilizaram enxadas, cavaram e encontraram o corpo de um rapaz. Cena foi isolada para os trabalhos da Perícia Oficial (Politec). Em seguida, investigação preliminar, apontou 4 suspeitos, sendo que dois menores de 14 anos foram apreendidos.

Eles assumiram a participação no crime, afirmando que estrangularam Lucas e depois bateram na cabeça dele com uma machadinha. Não contentes, ainda deceparam a cabeça e riram da situação, afirmando que Lucas tinha “uma cabeça grande e escorregadia”.

Já na manhã de segunda-feira (16), um adolescente de 16 anos se apresentou na delegacia e também confirmou a participação no crime. Disse que, quando chegou na casa, a vítima já estava sendo torturada e que ‘apenas deu dois chutes’ na cabeça da vítima e foi embora. Caso segue sob investigação. (Com assessoria)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

redes sociais

Notícias relacionadas

Ultimas noticias