Logotipo

qui, 29 de fevereiro de 2024 05:22

Pai de meninas mortas em batida diz perdoar motorista

Pai das meninas mortas após grave acidente em Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), na última segunda-feira (31), disse não ter raiva do homem que ocasionou a batida e que o perdoa.


Em entrevista a um programa de TV, Paulo Vidal afirmou que “a justiça está nas mãos de Deus”, e que não sente raiva do motorista. Ele contou que a família voltava da igreja no momento do acidente.


“O que eu tenho para falar sobre esse rapaz é que eu não tenho raiva dele, nenhuma mágoa, eu perdoo ele, quem sou eu para não perdoar? A justiça está nas mãos de Deus. Então, se um dia ele tiver a oportunidade de ouvir isso em algum lugar, porque eu sei que ele deve estar sentindo algo e eu perdoo ele. Eu não sou nada para desejar o mal dele, está tudo nas mãos de Deus”, declarou.


O caso
João Vitor Barbosa da Cruz, 21, conduzia uma caminhonete roubada e fugia da polícia quando invadiu a preferencial e atingiu o Gol que estavam as duas meninas, o pai, a madrasta e o filho.


Ysabela Raiane Rodrigues dos Santos, 7, e Brenda Raquely Rodrigues dos Santos, de 9, foram arremessadas para fora do carro e morreram na hora. Madrasta e o filho de Paulo foram resgatados e encaminhados para a Santa Casa de Rondonópolis.


João Vitor foi preso na manhã desta sexta-feira (4), após uma denúncia anonima que informou seu paradeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

redes sociais

Notícias relacionadas

Ultimas noticias