Logotipo

dom, 25 de fevereiro de 2024 02:38

Quatro de quadrilha que faturou mais de R$ 1 mi em golpes pelo WhatsApp são presos em Cuiabá

A Polícia Civil do Estado deflagrou, na manhã desta quarta-feira (26), a “Operação Falso Amigo” para cumprimento de 18 ordens judiciais contra uma organização criminosa interestadual que faturou mais de R$ 1 milhão com golpes pelo WhatsApp. As ordens foram cumpridas em Cuiabá e Juazeira (BA). A ação contou com o apoio da Polícia Civil de Goiás. Quatro membros da quadrilha foram presos até o momento. 

As investigações estão vinculadas a dois inquéritos policiais que apontaram que o grupo criminoso, usando meios fraudulentos de portabilidade de números telefônicos e clonagem das respectivas contas no aplicativo WhatsApp, usou contas bancárias de terceiros e causou prejuízos de aproximadamente R$ 1 milhão. Entre as vítimas estão agentes políticos e empresários de Goiás. 

Após as investigações, a Polícia Civil de Goiás conseguiu identificar todo o núcleo criminoso e descobrir outros delitos praticados, sempre com o mesmo modus operandi.

Também foram apreendidos diversos documentos, cartões bancários e aparelhos celulares e efetuado o sequestro de valores em contas bancárias dos investigados no montante de R$ 980 mil.

A operação contou com o apoio da Delegacia Especializada de Estelionato e Outras Fraudes (DEEF) e da 1a Delegacia de Várzea Grande, além da Polícia Civil da Bahia, por meio da Delegacia de Polícia de Juazeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

redes sociais

Notícias relacionadas

Ultimas noticias