Logotipo

dom, 25 de fevereiro de 2024 09:13

SES disponibiliza 300 vagas para profissionais da saúde participarem de congresso sobre hipertensão

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), por meio da Escola de Saúde Pública (ESP-MT), disponibiliza 300 vagas para profissionais que atuam na pasta e no Sistema Único de Saúde (SUS) dos municípios participarem do XXXI Congresso da Sociedade Brasileira de Hipertensão. O evento ocorre entre os dias 10 e 12 de agosto, na Universidade de Cuiabá (Unic), localizada na Avenida Beira Rio, na capital.

O congresso é voltado para médicos das áreas básicas e clínicas, enfermeiros, profissionais de educação física, nutricionistas, farmacêuticos, psicólogos, fisioterapeutas, dentistas, estudantes de graduação, médicos residentes, investigadores em geral, profissionais da Medicina de Família e Comunidade.

Na área médica, é campo de interesse para clínicos, cardiologistas, nefrologistas, endocrinologistas, geriatras, ginecologistas, pediatras, intensivistas e outros especialistas.

A inscrição para o público do SUS está sob a coordenação da ESP-MT. Os interessados no congresso devem se inscrever gratuitamente pelo e-mail [email protected], até a próxima segunda-feira (07.08).

O evento é realizado pela Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH), em parceria com a Sociedade Brasileira de Cardiologia Nacional e de Mato Grosso. A atividade conta com apoio da SES, da Prefeitura de Lucas do Rio Verde e da Unic.

“A SES está apoiando o congresso justamente pela relevância do assunto e a importância da participação dos profissionais do SUS. Sem dúvidas, um evento desta natureza irá contribuir para o aprimoramento do serviço prestado pela rede pública de saúde”, avaliou o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

A secretária Executiva da SES, Kelluby de Oliveira, avalia a participação dos profissionais da saúde pública do estado no evento como positiva. “O encontro vai propiciar aos trabalhadores do SUS aprendizado que irá colaborar para um serviço de qualidade à população que enfrenta o diagnóstico de hipertensão”, disse.

Para a diretora da ESP-MT, Silvia Tomaz, o congresso é de suma importância porque vai abordar uma doença invisível e que precisa ser combatida. “A hipertensão está entre as doenças que, em razão do diagnóstico tardio ou falta de tratamento, ocasiona diversas complicações que podem até levar a óbito”, pontuou.

Apesar do evento começar oficialmente no dia 10 de agosto, no dia 9, das 14h às 17h30, será realizado um pré-congresso com as capacitações em hipertensão arterial para profissionais médicos e multiprofissionais da Rede Básica de Saúde; os cursos serão certificados pela Escola de Saúde Pública.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

redes sociais

Notícias relacionadas

Ultimas noticias