qua, 24 de abril de 2024 06:36

‘Tracei uma parte boa do caminho, mas ainda sou jovem’, diz Sandy sobre os 40 anos

Sandy foi a homenageada do especial ‘Som Brasil‘ que foi ao ar na TV Globo na noite desta quarta-feira, 6. A cantora, que completou 40 anos no início de 2023, refletiu sobre carreira, a decisão de não expor a imagem do filho e o fim da dupla com o irmão, Junior.

A artista abriu o programa cantando um de seus maiores sucessos, ‘Aquela dos 30′, e depois começou a ser entrevista pelo apresentador Pedro Bial. “Eu sinto uma idade muito poderosa, eu sei muito bem quem eu sou. Tracei uma parte boa do caminho, mas ainda sou jovem”, disse, sobre os 40 anos.

Conversando com Bial sobre os anos de carreira ao lado do irmão, ela afirmou que só teve consciência do tamanho do sucesso da dupla durante a turnê ‘Nossa História’, de 2019, que marcou o reencontro entre os dois após 12 anos.

“Me assustei com o tamanho, com a comoção das pessoas porque ia ter uma nova turnê. A gente parou ainda com muito sucesso. Quando a gente decidiu, deixamos ‘fãs orfãos’, entre aspas. Então, eu sabia que tinha muita gente saudosa”, explicou.

Sandy confessou que sentiu muita insegurança no início de sua carreira solo. “Quando eu vejo coisas minhas lá do começo da carreira, eu me acho muito contida”, disse. “Depois, fui me soltando mais”.

Fama e exposição

Em determinado momento, Bial perguntou como a cantora lida com críticas. “Tem muitas injustiças e isso me consome muito. Eu fico muito revoltada. Mas eu sempre cuidei muito disso, faço terapia desde os 18 anos”, respondeu ela.
A artista refletiu sobre a exposição que esteve envolvida desde cedo – ela diz que, por ser filha de Xororó, da dupla com Chitãozinho, não lembra de algum momento de sua vida em que foi anônima, apesar de a fama ter vindo mesmo depois de lançar a dupla com Júnior.

“Quando tentei escolher, preservar a privacidade, fui massacrada na imprensa e nas redes sociais. Quando eu casei, quis fazer tudo de uma maneira pessoal, privada. Eu fui muito criticada, fiquei com fama de antipática. Fui cobrada”, disse Sandy.

Segundo ela, isso piorou quando tomou a decisão de não divulgar fotos do filho na internet: “E depois, quando meu filho nasceu, fui cobrada três vezes mais, dez vezes mais. Sou cobrada até hoje porque eu não exponho a imagem dele na internet. Ele é uma criança normal, vai para a escola. Tá por aí no mundo, mas eu não exponho a imagem dele”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

redes sociais

Notícias relacionadas

Ultimas noticias